Como funciona a limpeza de áreas críticas em siderúrgicas e metalúrgicas

Saiba como grandes estruturas que demandam manutenção e limpeza em siderúrgicas e metalúrgicas são executadas.

Em 31/07/2020 08:34

Desde a 2ª Revolução Industrial foi iniciada uma produção em massa de aço e outros metais, sendo estes intrinsecamente relacionados à história da humanidade e ao crescimento da economia mundial. Os setores produtores dessas matérias-primas são a siderurgia e a metalurgia, que apresentam áreas críticas e insalubres de produção em suas indústrias, como a limpeza e manutenção de equipamentos, alto fornos, reatores, panelas etc.

Como funciona a limpeza de áreas críticas em siderúrgicas e metalúrgicas

A limpeza de áreas críticas em siderúrgicas e metalúrgicas deve ser feita por equipe especializada e equipamentos seguros

Como qualquer indústria, processos que mantenham a linha de produção ativa e sem paradas desnecessárias são extremamente importantes para o sucesso da empresa. Assim, a realização de manutenções e limpezas periódicas nesses setores por equipe especializada e equipamentos próprios fazem com que o processo produtivo possa retomar suas atividades de forma mais rápida e eficaz, evitando transtornos a médio e longo prazos.

Estruturas que necessitam de manutenção

Estruturas enormes e muito complexas são utilizadas nessas indústrias, por exemplo, alguns fornos podem ter de 20 a 30 metros de altura. A manutenção e limpeza interna delas podem ser perigosas, dispendiosas e demoradas quando realizadas apenas por operários. Logo, obter apoio de equipamentos precisos para a realização desses processos é de suma importância, uma vez que isso gera menor tempo de parada de produção e menor custo, elevando a produtividade.

Alguns serviços de manutenção que precisam ser realizados em siderúrgicas e metalúrgicas são a demolição e limpeza de:

  • Chaminés;
  • Algaravizes;
  • Baia de escória de aciaria;
  • Boca de carro torpedo;
  • Câmaras de combustão;
  • Convertedor;
  • Fornos elétricos manuais e mecanizados;
  • Fornos de cimento;
  • Furo de gusa de alto-forno;
  • Panelas de aço e gusa.

Além disso, podem ser necessárias demolições de materiais solidificados e refratários, bem como a limpeza geral e parcial de altos fornos.

Limpeza automatizada e segura

Uma vez que a produção dos metais em siderúrgicas e metalúrgicas são realizados em panelas e fornos em altíssimas temperaturas, para a realização da limpeza dessas estruturas apenas com trabalho humano seria preciso aguardar vários dias para o resfriamento do equipamento.

Já com o uso de maquinário específico é possível retirar crostas endurecidas em panelas de ferro-ligas e, ainda, limpar camadas de refratários desgastados sem afetar a estrutura permanente do refratário. Pode-se também realizar a demolição interna de fornos e convertedores de aço, ainda que em altas temperaturas.

Limpeza de materiais endurecidos

Após o uso das panelas, mesmo antes de esfriar, são usados robôs de demolição para retirada de materiais agregados às paredes, já endurecidos, com a finalidade de recuperar o volume útil de refratário. Para isso, é possível alinhar a máquina com a panela e determinar a camada precisa que se deseja atingir, demolindo apenas esta sem afetar outros pontos.

Limpeza de materiais pastosos

Quando for necessário raspar as paredes internas da panela para a retirada do material agregado ainda pastoso, como é no caso do ferro-liga, é usado um raspador de escória com lança rotativa para evitar que o material solidifique e reduza o volume útil da panela. Geralmente esse processo é feito de forma recorrente para que o refratário se mantenha sempre em boas condições de uso, evitando a formação de crosta endurecida e a necessidade da demolição desta, o que demandaria maior tempo em sua manutenção.

Com grande destaque por sua eficiência, a Lubrimatic oferece serviços de excelência operacional em siderurgia e metalurgia, contando com robôs de demolição que são leves e resistentes a altas temperaturas. Além disso, oferece uma equipe especializada para cumprir com êxito a manutenção de fornos, reatores, tanques, carros torpedo, canais de corrida, remoção de escórias, colagem e refratários.