Após a demolição, o que fazer com o entulho?

Reciclagem e descarte correto de resíduos pós-demolição são as principais iniciativas para um processo sustentável, diminuindo os impactos ambientais causados pelo entulho e viabilizando uma cadeia de consumo mais consciente.

A construção civil é um dos setores de maior relevância no mercado, ocupando uma grande representatividade na economia principalmente pela demanda de serviços, que geram empregos.

Contudo, esse setor também é um dos maiores responsáveis pelo entulho nas cidades brasileiras.

Empresa que retira entulho em São Paulo

A falta de administração desses resíduos sólidos gera desperdício e polui, considerando que a obra tem um custo ambiental e financeiro.

Por isso, é importante ter o devido conhecimento sobre os resíduos gerados nas obras e neste interim, existem muitos desafios na gestão correta de uma obra da construção civil.

O entulho, seus tipos e classificações

Tipos de entulho e suas classificações

Os entulhos são os resquícios da demolição ou construção civil. Perante a legislação, os resíduos tem sua definição de acordo com a Resolução CONAMA 307, art. 3º, classificados como classe A, B, C e D.

  • Classe A: resíduos reutilizáveis ou recicláveis como agregados. São os componentes cerâmicos, argamassa, concreto, blocos de tijolos, tubos etc.
  • Classe B: resíduos recicláveis para outras destinações, como plástico, papel, metais, vidros e gessos.
  • Classe C: resíduos que ainda não foram desenvolvidos tecnologias que permitam sua reciclagem.
  • Classe D: resíduos perigosos derivados do processo de construção ou contaminados e prejudiciais à saúde. São resíduos como tinta, solvente, óleo, materiais que contenham amianto etc.

Os resíduos resultantes do processo de construção, demolição, reforma e escavação são classificados, também, como Resíduo da Construção de Demolição (RDC) ou Resíduo da Construção Civil (RCC).

  • RDC: restos e fragmentos de materiais;
  • RCC: apenas os fragmentos.

No geral, são todos os fragmentos ou restos materiais que são gerados na construção ou demolição de prédios, residenciais, pontes ou outras construções de acordo com a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção e Demolição (ABRECON).

Ainda de acordo com a ABRECON, os resíduos recicláveis para a produção de agregados são separados em três grupos:

  • Grupo I: materiais compostos de cimento, areia, cal, concreto, argamassa e blocos de concreto.
  • Grupo II: compostos cerâmicos como tijolos, azulejos, telas e manilhas.
  • Grupo III: são os materiais não recicláveis, como a madeira, matéria orgânica e isopor.

Recicle e reaproveite

Empresa de retirada de entulho em SP

Lembre-se: para que os resíduos sejam aptos para serem reciclados e/ou reutilizados, eles devem estar o mais limpos possível. Materiais como asfalto, amianto, gesso, madeira, papel, plástico e ferragens dificultam o processo nos britadores.

A reciclagem dos materiais é realizada através de equipamentos de baixo custo, podendo ser realizado até na própria obra, eliminando, assim, outros custos com a logística. A reciclagem é feita pela triagem, trituração e classificação dos materiais.

É importante ressaltar que os entulhos não podem ser descartados de forma convencional. Em algumas cidades, existem pontos de recolhimento para que se descarte corretamente.

Reciclar entulho é importante

Reciclando entulho

O processo de reciclagem é indispensável. Estima-se que 50% do uso dos recursos naturais consumidos pela sociedade seja responsabilidade da construção civil.

A produção desses resíduos é cerca de duas vezes maior que a produção de lixo urbano. De acordo com a GBC Brasil, o setor de construção civil é responsável por 1/3 dos gases lançados na atmosfera, sendo considerado um dos setores mais poluentes. É fundamental que o setor cumpra com todas as suas responsabilidades ambientais, diminuindo os impactos da mesma.

A reciclagem é extremamente importante pois evita o descarte em rios e lagos, reduz o desmatamento em áreas de pedreira e extração de pedra, poupa os recursos hídricos e outros naturais, além de gerar renda e emprego.

O entulho processado possui diversas aplicações, como pavimentação de estradas rurais, calçadas, blocos, tijolos ecológicos, tubos, acertos topográficos de terrenos e até bancos de praça.

Além dos benefícios financeiros que a reciclagem traz para a construção civil, o principal benefício é para o ambiente, diminuindo a extração de matéria-prima e depósito em locais inadequados.

Fiscalização

De acordo com a ABRECON, o Brasil produz cerca de 84 milhões de m³ de resíduos oriundos da construção civil e demolição. Por isso, é indispensável a fiscalização dos órgãos ambientais sobre a devida destinação desses entulhos, reciclando ou depositando-os de forma correta e perante a legislação brasileira.

Empresa de remoção de entulho

A Lubrimatic aluga equipamentos e presta serviços de remoção de entulho em obras desde 1995. Entre em contato para solicitar nossos serviços e tirar suas dúvidas. Será um prazer atendê-lo!