Como acontece a produção do aço nas siderúrgicas, quais suas finalidades e como isso ajuda a economia

Como acontece a produção do aço nas siderúrgicas, quais suas finalidades e como isso ajuda a economia

Considerada um setor que influencia diretamente na economia por lidar com materiais metálicos usadas em larga escala, a siderurgia é uma indústria de grande porte pela qual flui uma parcela importante da economia. Entenda mais sobre este setor e como ele contribui para o desenvolvimento do comércio, da economia e do progresso no mundo.

O processo de fabricação do aço

O aço é uma liga de ferro e carbono. Na siderurgia, em sua maioria, usa-se o óxido de ferro, misturado com areia fina e carvão mineral ou carvão vegetal. O carvão exerce duplo papel na fabricação do aço: como combustível ou como redutor.

A produção de aço exige altas temperaturas e processos especiais

Há quatro fases no processo:

  • Preparação da carga
  • Redução
  • Refino
  • Laminação

Fase 1: Preparação de carga

Durante a preparação da carga, grande parte do minério de ferro (finos) é aglomerada, utilizando-se cal e finos de coque. O produto resultante é chamado de sinter. O carvão é processado na coqueria e transforma-se em coque.

Fase 2: Redução

Na redução, essas matérias-primas, agora preparadas, são carregadas no alto forno.

Oxigênio aquecido a uma temperatura de 1000ºC é soprado pela parte de baixo do alto forno. O carvão, em contato com o oxigênio, produz calor que funde a carga metálica e dá início ao processo de redução do minério de ferro em um metal líquido: o ferro-gusa. O gusa é uma liga de ferro e carbono com um teor de carbono muito elevado.

Fase 3: Refino

No refino, aciarias a oxigênio ou elétricas são utilizadas para transformar o gusa líquido ou sólido e a sucata de ferro e aço em aço líquido. Nessa etapa parte do carbono contido no gusa é removido juntamente com impurezas.

A Lubrimatic é especialista em limpeza de fornos de siderúrgicas e, neste processo, os resíduos acumulados necessitam ser removidos com robôs de demolição controlados remotamente.

A maior parte do aço líquido é solidificada em equipamentos de lingotamento contínuo para produzir semi-acabados, lingotes e blocos.

Fase 4: Laminação

Já na laminação, os semi-acabados, lingotes e blocos são processados por equipamentos chamados laminadores e transformados em uma grande variedade de produtos siderúrgicos, cuja nomenclatura depende de sua forma e composição química.

Entenda a fabricação do aço neste vídeo

O aço e suas qualidades

Amplamente utilizado, é 100% reciclável e seu descarte não é agressivo ao meio ambiente, porque é constituído por elementos presentes na natureza.

Além disso, sua resistência e durabilidade são pontos de destaque, pois permitem seu uso em uma vasta gama de aplicações de pequeno e grande portes.

O aço é utilizado em aplicações onde exige resistência e durabilidade

Mas o ponto mais importante é seu custo/benefício: uma vez que seus processos de fabricação já foram amplamente otimizados, o custo de produção se tornou baixo o suficiente para que o custo final se torne compensatório.

E devido à grande disponibilidade de materiais na natureza, torna-se viável para fabricação e aplicação em larga escala, de forma a ser utilizado em quase todos os tipos de equipamentos e acessórios.

O aço e suas aplicações

Entre as aplicações, os utensílios domésticos são os mais conhecidos

A presença do aço é tão comum em nossa rotina e em diversas ocasiões que o torna invisível. Usamos o aço em:

  • Utilidades Domésticas: Seja em empresas ou em residências, o aço tem a resistência necessária para os mais variados usos em forma de utensílios domésticos. Uma das propriedades do aço é a resistência a baixas e altas temperaturas, superfície que evita o acúmulo de resíduos, composição química que o impede descascar, longa durabilidade e baixo custo de manutenção.
  • Transporte: O aço está presente nos carros, caminhões, ônibus, trens, metrôs, navios, bicicletas e motocicletas. Os transportes em geral necessitam deste material para sua construção.
  • Construção Civil: Amplamente usado nesse meio, o aço pode estar presente como parte das obras ou como material principal. O sistema construtivo em aço permite liberdade no projeto de arquitetura, maior área útil, flexibilidade, compatibilidade com outros materiais, menor prazo de execução, racionalização de materiais e mão-de-obra, alívio de carga nas fundações, garantia de qualidade, maior organização nos canteiros de obras e precisão construtiva.
  • Embalagens e Recipientes: As embalagens de aço são usadas pela indústria em geral, sendo importantes na conservação e transporte de alimentos, produtos químicos, agrícolas, tintas, gases de cozinha e industriais. Especialmente em relação aos alimentos, o aço evita a contaminação, assegurando a sua qualidade. Além disso, é 100% reciclável.
  • Energia: Usado em hidrelétricas, termelétricas e nucleares, torres de transmissão, transformadores, cabos elétricos, plataformas, tubulações, equipamentos de prospecção e extração de petróleo, assim como em perfuratrizes, esteiras e caçambas das minas de carvão.
  • Agricultura: A eficiência do setor agrícola está diretamente ligada ao consumo de aço. A terra é preparada com arados, semeada e cercada usando equipamentos que levam aço. Na hora da colheita, com as ceifadeiras e colheitadeiras, assim na armazenagem em silos e graneleiros.

Conclusão

O aço é indispensável na vida moderna e em nossa rotina, ele movimenta a economia, gera empregos e facilita a vida de seus consumidores e agiliza processos. 

Processo de fabricação de aço demanda manutenção contínua nos equipamentos

Em todos os seus processos de fabricação, também são necessários equipamentos que utilizam esse mesmo material. Além disso, equipamentos como os robôs de demolição também se utilizam do aço em sua estrutura, dos quais são amplamente utilizados para limpeza de fornos das siderúrgicas.

Para saber mais sobre este e outros equipamentos, acompanhe nosso blog e assine nossa newsletter.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *